Via Senior

Podemos ajudá-lo?

Ligue (+351) 211 336 440

Já pensou no que irá fazer quando estiver reformado?

Partilhar

O dia em que vai deixar de trabalhar chegará. Talvez ainda faltem alguns anos e ainda não pense nisso. Mas deve, por várias razões. Em primeiro lugar, tem de começar a fazer cálculos para saber, ainda que aproximadamente, qual vai ser o seu rendimento e, depois, se esse rendimento se adequa ao tipo de vida que pretenderá ter quando se reformar. Por outro lado, deverá antecipar a idade com que se vai reformar. É que as previsões especializadas estimam que esta será cada vez mais alta, o que nos deve fazer ponderar sobre as opções que garantam alguma estabilidade ou previsibilidade para esse futuro próximo.

As opções são muitas e, desde as mais simples de conceber, como tirar aquele curso que sempre quis tirar, fazer aquela viagem para a qual nunca teve tempo ou estragar os netos com todos os mimos do Mundo, até preparar um retiro 100% descansado numa residência sénior, por exemplo.

Em todo o caso, qualquer escolha que vier a ser feita, deverá sempre levar em conta o seu rendimento esperado quando lá chegar. Por isso, deve começar por planear as decisões mais exigentes do ponto de vista financeiro. Por exemplo, a da residência assistida é a mais exigente mas, ao mesmo tempo, a que o liberta de uma série de constrangimentos ligados à gestão da vida em casa própria e que lhe dá outra liberdade para a gestão do seu dia-a-dia. Pode ser, também, uma excelente opção para evitar sobrecarregar a família com tarefas exigentes e libertar esse tempo para períodos de convívio familiar salutar e sem o peso da obrigatoriedade.

O futuro é incerto mas podemos sempre dar-lhe alguma previsibilidade se soubermos decidir atempadamente o que queremos fazer com a nossa vida. Contudo, não tome nenhuma decisão sem consultar a família e, depois, um especialista para o ajudar a encontrar a melhor solução para o seu futuro.

A sua reforma não significa de todo que vai deixar de estar no activo. Pelo contrário! Na verdade, o número de viajantes sénior, por exemplo, tem vindo a aumentar nas últimas duas décadas. Vai querer fazer parte deste grupo? A decisão é sua.

×

VIA SÉNIOR - Um futuro lado a lado

×
Ligue-nos 211 336 440