Via Senior

Podemos ajudá-lo?

Ligue (+351) 211 336 440

9 Alimentos ricos em cálcio para incluir na dieta do idoso

Partilhar

Você sabia que o cálcio é um mineral essencial para melhorar a estrutura dos ossos? Por este motivo, ingerir alimentos ricos em cálcio é tão importante para idosos. Com o avançar da idade, é comum que as pessoas desenvolvam doenças ósseas, como a osteoporose.

O equilíbrio da alimentação para o idoso é de extrema importância para seu bem-estar e o cálcio, especificamente, pode melhorar a concentração muscular, o processo de coagulação sanguínea e a força física.

Neste texto, vamos explicar melhor quais são os alimentos ricos em cálcio e como podemos fazer para introduzi-los na alimentação dos idosos.

Quais os benefícios do cálcio para o corpo:

Antes de saber quais os alimentos ricos em cálcio, vamos explicar um pouco mais sobre o porquê esse mineral é tão importante na alimentação do idoso.

Além dos benefícios já citados, como a melhora e manutenção da saúde dos ossos, a prevenção de doenças como osteoporose, quedas e fraturas, a quantidade certa de cálcio no organismo do idoso pode ajudar na:

Prevenção de hemorragias: já que ajuda na coagulação do sangue;
Prevenção de câncer colorretal: pois o mineral ajuda na prevenção de formação adenomas, tumores benignos presentes no intestino;
Melhora da saúde cardiovascular: ajudando na contração e no relaxamento dos músculos do coração;
Prevenção de formação de pedras nos rins;
Melhora da digestão: já que estimula a liberação de enzimas que ajudam na digestão.

Além disso, o cálcio pode ajudar na redução de náuseas, palpitações e falta de ar. Por isso, para o idoso, uma alimentação balanceada com ingestão de cálcio e com orientação médica é tão importante.

9 alimentos ricos em cálcio:

Quando a gente escuta falar em cálcio, logo vem o ‘leite’ à cabeça. Claro que essa é a principal fonte desse mineral e, por isso, alguns alimentos indicados para consumo de cálcio são seus derivados, como o iogurte natural e o queijo.

Mas é bom abrir a cabeça para o mundo dos alimentos, já que outros ingredientes também possuem o cálcio em sua composição e, muitas vezes, nós nem sabemos disso. Por isso, fizemos uma lista com 9 alimentos ricos em cálcio para serem introduzidos na dieta do idoso. Confira abaixo:

1. Iogurte natural
O iogurte natural é uma excelente fonte de cálcio e tem o poder de melhorar a saúde do coração, além de aumentar a absorção de nutrientes no corpo.

2. Queijos
Grande parte dos queijos vendidos em supermercados são ótimas fontes de cálcio e podem ajudar a manter a quantidade do mineral dentro do corpo.
Vale a pena ressaltar que os queijos macios possuem menor quantidade de cálcio, mas, ainda assim, são fontes do nutriente. Se você puder optar, escolha os queijos mais duros e com menos gordura.

3. Ostra
Apesar de ser mais difícil de incluir nas dietas do dia a dia, a ostra também é um alimento que tem, em sua composição, o cálcio.

Além disso, o fruto do mar também é rico em ferro e possui boas quantidades de ômega 3.

4. Semente de linhaça
Você sabia que uma porção de 100 g de linhaça contém 200 mg de cálcio? Por isso, a semente de linhaça também é recomendada para reposição do mineral.
Mas fique atento. Esse alimento pode ser altamente calórico e é importante ser consumido com cautela.

5. Nozes e amêndoas
As nozes e amêndoas também possuem um alto índice de cálcio. Uma xícara de amêndoas, por exemplo, contém cerca de 380 miligramas do mineral.
Esses alimentos podem ser usados para complementar a dieta diária.

6. Uva passa
A uva passa é um alimento com alto índice de vitaminas e minerais e um deles é o cálcio. Além disso, ela proporciona energia e é rica em fibras solúveis e insolúveis, boas para a digestão.

7. Tofu
Este é um alimento muito comum na alimentação vegetariana e vegana. A verdade é que o tofu (conhecido como queijo de soja), quando bem preparado, pode ser uma ótima fonte de cálcio e pode suprir boa parte dessa necessidade do corpo.
Além disso, o tofu é uma boa fonte de proteínas, potássio e vitamina D.

8. Couve
A couve, além de ser fonte de cálcio, também é rica em vitaminas A, C, K e do complexo B, que ajudam a prevenir o desenvolvimento de diversas doenças.

9. Espinafre
Já o espinafre também é rico em vitaminas A, C, B e K, além do ferro, magnésio, potássio, sódio e cálcio.
Além de prevenção de doenças ósseas, o espinafre também fortalece o sistema imunológico e ajuda na concentração e memória, prevenindo doenças como o Alzheimer.

Em quais casos é necessária a suplementação?
Viu que alguns alimentos simples podem ajudar na reposição de cálcio na vida do idoso? Mas e quando a quantidade ingerida não é suficiente? O que devemos fazer?

Quando a ingestão de alimentos fontes de cálcio não é suficiente ou quando a necessidade de cálcio no corpo precisa ser aumentada, é indicada a suplementação.

Essa suplementação é usada quando existe a necessidade de prevenção e tratamento de síndrome metabólica. Assim, a suplementação ajuda na contração muscular e prevenção da osteoporose, melhora o perfil lipídico como aumento do HDL e a redução do LDL.

Atenção: Toda suplementação vitamínica deve ser recomendada por um médico ou nutricionista. Afinal, o excesso de vitaminas também pode ser prejudicial ao corpo.

Como cuidar da alimentação do idoso?

Não importa a idade, o cuidado com a alimentação é algo primordial quando o assunto é bem-estar e saúde. Mas especificamente falando de idosos, esse é um assunto ainda mais delicado.

A saúde do idoso está literalmente ligada à alimentação dele. É preciso sempre estar atento ao que o idoso está ingerindo, além de realizar exames periódicos para saber, de facto, como anda sua saúde.

Alimentos frescos, ricos em vitaminas e minerais e uma dieta balanceada pode ser o que falta na vida do idoso para que ele amenize doenças e condições.

Fonte: https://vivatecs.com/blog/posts/9-alimentos-ricos-em-calcio/

×

VIA SÉNIOR - Um futuro lado a lado

×
Ligue-nos 211 336 440