Via Senior: Encontre a Residência Sénior mais Adequada

Podemos ajudá-lo?

Ligue (+351) 211 336 440

10 Principais Sintomas de Alzheimer em Idosos

Partilhar

Saber detetar sintomas de Alzheimer em idosos é fundamental para o tratamento da doença e para o seu bem-estar. Embora pareça que estes sintomas são consequências da idade, é muito importante estar atento ao comportamento dos mais velhos. Para além disso, ao ser detetado algum sintoma de Alzheimer em idosos, pode ser necessário procurar uma residência sénior com experiência e que aceite doentes com estas exigências clínicas. Deste modo, ao estar informado acerca dos sintomas, é possível agir rapidamente e procurar os melhores cuidados.

A Doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência e causa problemas de memória, pensamento e comportamento. Normalmente, esta doença desenvolve-se gradualmente até que os sintomas se agravam e impeçam o desenvolvimento da atividade diária.

Atualmente, a Doença de Alzheimer é responsável por 60% a 80% de todos os casos de demência. As pessoas que começam a sofrer manifestações da doença geralmente vivem entre quatro e vinte anos após o aparecimento dos primeiros sintomas.

Existem muitos fatores de risco, mas o principal deles é a idade. No entanto, a Doença de Alzheimer não é uma característica do envelhecimento e é considerada uma doença. Além disso, a Doença de Alzheimer não tem cura, embora existam inúmeros tratamentos que retardam a progressão desta patologia.

Fatores de Risco

Por isso, é essencial conhecer os principais sintomas da Doença de Alzheimer, de forma a agir rapidamente e retardar o seu aparecimento.

Os sintomas da Doença de Alzheimer podem manifestar-se de forma diferente em pessoas idosas, bem como pode variar o grau de demência. No entanto, existem alguns sinais comuns que podem indicar que o idoso possa estar a começar a sofrer desta demência:

Alterações de memória
Um dos primeiros sintomas da Doença de Alzheimer é o lapso de memória de informações recentes. Datas importantes começam a falhar, assim como tarefas que acabaram de ser feitas, como compras.

Dificuldade em planear ou resolver problemas
Algumas pessoas podem perder as suas capacidades de desenvolver e seguir um plano ou resolver diferentes situações. Podem ter muitas dificuldades de concentração e levar muito mais tempo para fazer coisas que habitualmente faziam de forma mais rápida.

Dificuldade com tarefas do dia-a-dia
Um dos principais sintomas de Alzheimer em idosos é começar a ter problemas para chegar a um sítio onde se ia regularmente, como ir às compras. A pessoa com Doença de Alzheimer pode ser incapaz de preparar qualquer parte de uma refeição, ou esquecer-se de que já comeu.

Desorientação
Um sintoma muito característico é a perda da noção de tempo. Às vezes é possível que o idoso se esqueça de onde está ou como lá chegou. Também é normal que, devido à idade, por vezes se possa esquecer o dia da semana, mas é algo pontual e pouco significativo.

Problemas de compreensão
As pessoas com Doença de Alzheimer podem ter dificuldades em acompanhar ou inserir-se numa conversa. Podem parar a meio da conversa e não saber como continuar ou repetir várias vezes a mesma coisa. Podem ter dificuldades em encontrar palavras adequadas para se expressarem ou dar nomes errados às coisas.

Dificuldade em perceber imagens visuais e relações espaciais
Para algumas pessoas, ter problemas de visão pode ser um sinal de Doença de Alzheimer. Podem ter dificuldades de leitura, dificuldades em calcular distâncias e determinar uma cor ou o contraste. Em termos de perceção, a pessoa pode passar por um espelho e achar que é outra pessoa, não reconhecendo a sua imagem refletida no espelho.

Trocar ou perder coisas
As pessoas com Doença de Alzheimer podem colocar as coisas em lugares desadequados. Podem perder os seus objetos e não serem capazes de voltar atrás no tempo para se lembrarem de quando ou onde o usaram. Às vezes, podem até acusar os outros de lhes roubar as suas coisas.

Discernimento diminuído ou dificuldade em tomar decisões
As pessoas com Doença de Alzheimer podem sofrer alterações na capacidade de julgamento ou tomada de decisão. Por exemplo, podem não ser capazes de perceber quando os estão claramente a enganar e ceder a pedidos de dinheiro.

Perda de competências sociais
As pessoas que começam a sofrer deste tipo de demência começam a perder a iniciativa de atividades sociais e de lazer. Podem começar a demonstrar dificuldade em assistir a um jogo do seu clube até ao fim, como faziam antes, ou podem esquecer-se de acabar alguma atividade que começaram. Devido à idade é normal que estejam mais cansados e não sintam vontade de sair ou socializar, mas é possível diferenciá-lo com o sintoma da Doença de Alzheimer.

Alterações na personalidade ou humor
O humor e a personalidade dos idosos com Doença de Alzheimer podem alterar-se. Podem tornar-se confusos, desconfiados, deprimidos, com medo ou ansiosos. Podem começar a irritar-se com facilidade em casa, com os amigos ou em locais onde se sintam fora da sua zona de conforto. 

Ao detetar algum sintoma referido anteriormente, fora do habitual, a primeira coisa a fazer é partilhar com um membro da família ou o médico de família. Conversar e discutir a situação com uma pessoa de confiança ou com um especialista pode ajudar a confirmar, através de uma avaliação médica, se se trata de Alzheimer ou não.

Caso não seja Alzheimer, é possível que seja alguma outra demência ou simplesmente o efeito da própria idade. Se for Alzheimer, e tenha sido detetado precocemente, é possível começar um tratamento para retardar o seu desenvolvimento e para que os idosos mantenham o mesmo nível de qualidade de vida.

Para além disso, é importante procurar ajuda psicológica, pois pode ser um processo difícil, tanto para os idosos como para as famílias.

Na Via Senior sabemos como pode ser difícil detetar os principais sintomas de Alzheimer nos idosos, bem como procurar a ajuda mais adequada. É por isso que o apoio da equipa profissional de Médicos e Assistentes Sociais da Via Senior se torna fundamental para o ajudar a ultrapassar esta dificuldade. 

Em muitas ocasiões é possível que os idosos precisem de cuidados continuados, portanto, as residências sénior são uma boa opção. A nossa rede a nível nacional de residências pode encontrar centros especializados no tratamento da Doença de Alzheimer. A equipa de profissionais de cada centro dedica-se exclusivamente ao cuidado dos idosos que sofrem desta patologia, sendo que todos os cuidados visam a melhoria da qualidade de vida.

Se procura residências ou lares de idosos especializados em Alzheimer em qualquer zona do país contacte a Via Senior.

Tem dúvidas? Ligue, faça um pedido ou envie um e-mail e iremos atendê-lo de forma personalizada, sem compromisso e de forma totalmente gratuita. Não perca mais tempo!

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
×

Via Senior  - Um Futuro Lado a Lado

×
Ligue-nos 211 336 440